Habitantes Invisíveis


Vai ai contenuti

Texto Didático

Projeto Escola > Projeto







Os habitantes invisíveis

Clêura Gabrielli, Márcio Pandolfo, Margot Gisele Zeni Moretto


Vivemos num mundo onde a correria do cotidiano nos faz esquecer da riqueza dos detalhes presentes na natureza. Uma infinidade de seres nascem, crescem, se reproduzem e morrem diariamente numa constante evolução quase imperceptível aos olhos humanos.
Uma boa maneira de apreciarmos e observarmos com detalhes a vida invisível é o uso da tecnologia da macrofotografia, que de acordo com a Wikipédia, consiste em fotografar pequenos seres e objetos ou detalhes que normalmente passam despercebidos no nosso dia-a-dia e são fotografados em seu tamanho natural ou levemente aumentados através de aproximação da câmera ou fazendo uso de acessórios destinados a este tipo de fotografia; as macrofotografias são exibidas em tamanho bastante ampliado para maior impacto visual.
O cenário do planeta Terra está em constante transformação, em função das mudanças climáticas (naturais) e as causadas pelo homem. Diante disso, os habitantes das mais diferentes espécies, tem se adaptado e evoluído como forma de sobrevivência, por esse motivo surge o interesse de captar através da macrografia um pouco mais sobre esses nossos amigos invisíveis.
Estes pequenos seres formam o nosso ecossistema e eles são importantes para a nossa vida, pois é desse ambiente que obtemos o oxigênio que respiramos a água que bebemos e o alimento que necessitamos para nossa sobrevivência e vida no planeta.
Infelizmente o homem está destruindo nosso ecossistema, gerando um desequilíbrio ambiental, muitos cientistas atribuem o aquecimento global ao desmatamento e às queimadas. Neste sentido, além de prejudicar a camada de ozônio e desabrigando várias espécies de animais, o homem contamina os rios com o lixo provocando a morte dos peixe por intoxicação.
Conforme a leitura do texto de James E. Lovelock Gaia o Planeta Vivo: “evidências científicas mostram, a cada dia, que de fato a Terra é um super organismo, dotado de auto-regulação. Como partes desses sistemas, porém, temos responsabilidade individual em mantê-la viva e saudável para as futuras gerações”. ()
Neste sentido, nosso planeta é um organismo vivo e todo organismo para funcionar bem, precisa de cuidados para sua sobrevivência. Portanto, precisamos preservar nossos ecossistemas, pois a extinção de algumas espécies provocará um desequilíbrio na cadeia alimentar. Sendo assim, plantar árvores, não desmatar, queimar, proteger os animais, não jogando lixo nas ruas e rios, podem fazer a diferença na preservação do ecossistema.
Desta forma, a macrofotografia pode revelar um mundo imperceptível ao olho humano, com isso podemos observar cores, formas, habitats que mais parecem seres de outros planetas. O mundo macro pode ser instigante e surpreendente, pode mostrar um outro universo. Este universo paralelo ao nosso olhar que passa despercebido tem sua biodiversidade. Sendo assim, muitas vezes, o homem, não respeita esse pequenos seres, nem percebe a importância que eles desempenham no meio ambiente. O controle da cadeia é vital para o equilíbrio do meio ambiente. Infelizmente a prepotência do ser humano o está levando a sua extinção. Por achar que é superior aos outros seres o homem acaba não respeitando a si próprio, com isso, acaba se autodestruindo. Também o fator econômico faz com que o ser humano, priorize apenas o seu enriquecimento através deste contexto.
Neste sentido, a macrofotografia apresenta este mundo de formas e cores revelando este universo com a sua devida importância, a fim de mostrar para o ser humano que os pequenos seres que habitam a nossa fauna e flora tem a sua importância para a vida no planeta. Portanto a macrofotografia pode ajudar a despertar a consciência da importância desta biodiversidade de todos os seres que nela vivem e que dividem o mesmo habitat. E também pode promover uma importante reflexão e despertar a sensibilidade e o senso crítico da conscientização em relação à preservação do ecossistema e dos recursos naturais.


Referências: bibliografia, vídeos, áudio, webgrafia
www.artelivre.net
www.juarezsilva.com.br

www.netsaber.com.br
www.wikipedia.org


Home Page | Fotografia | Exposição | Márcio Pandolfo | William Vuelma | Projeto Escola | Meio Ambiente | Mappa del sito


Torna ai contenuti | Torna al menu